(14) 3306-8799 | (14) 98118-2077

Notícias

O executivo italiano Pedro Pedretti e sua mulher, Ivana. Foto: Gabriela Bilo/Estadão

31/07/2018 - Executivo busca alto padrão; família quer lazer para os filhos

noticias

Além do estudante, é possível identificar mais três perfis recorrentes que alugam em São Paulo. São eles: executivo, família e idoso, cada um com expectativas e preferências distintas.
Executivo. A denominação se refere a pessoas sem filhos, com padrão de vida alto e, usualmente, que precisam mudar muito de cidade por conta do trabalho. Também é comum morarem em uma cidade e trabalharem em outra. “Neste caso, usam o apartamento para não ter de ficar transitando de um lugar para outro”, comenta a diretora da Lello Imóveis, Roseli Hernandes. “Têm um nível melhor e querem conforto, e não se incomodam em pagar um pouco mais.”
Os executivos buscam residência em regiões nobres, próximas aos polos de negócio da cidade e com fácil acesso ao trabalho. Prezam por condomínios de alto padrão com serviços e área de lazer. “Quanto maior a gama de facilidades para o dia a dia, melhor. Lavanderia, piscina, restaurante, cozinha, lounges e espaços para trabalho e atividades físicas são supervalorizados”, afirma o diretor comercial da Tarjab Incorporadora, Giovanni Grossi.
Representante de uma importadora europeia, o italiano Pedro Pedretti, de 44 anos, mora em um condomínio em Cotia com sua mulher, Ivana. Um dos motivos pelos quais o casal escolheu o imóvel, que está a 10 minutos do emprego de Pedretti – foi a variedade de serviços oferecidos. “Tudo para socializar e cuidar da saúde sem precisar de deslocamento”, diz ele.
Além disso, a segurança do empreendimento e a faixa de preço do aluguel, que é pago pela empresa em que ele trabalha, foram outros fatores considerados na escolha da moradia. O executivo está no Brasil há cinco anos e conta que tem pretensão de adquirir moradia fixa no País. “Quando o imóvel certo e a estabilidade do negócio se juntarem, vou pensar em comprar.”
 
Daniela Picirilo vive com a família no Morumbi. Foto: NIlton Fukuda/Estadão

Família. Este é um perfil clássico e muito frequente. “O público single cresceu bastante, mas o aluguel para famílias ainda é muito buscado”, afirma a diretora da Lello. Para as famílias, há três fatores importantes na escolha de um imóvel. O primeiro diz respeito à localização. “Estar próximo da escola dos filhos é o principal”, afirma o diretor comercial da Lopes Imóveis, Mario Colli.
De acordo com ele, as regiões mais visadas são aquelas que oferecem serviços, sem necessidade de muita locomoção. “O tempo é limitado, e os pais precisam de agilidade.”
O segundo ponto relevante para famílias é a segurança. A comerciante Daniela Picirilo, 43 anos, morava com o marido e as três filhas, hoje com 11, 7 e 6 anos, em uma casa no Morumbi quando alugou um apartamento menor no mesmo bairro, há três anos. “A rua da minha casa era muito assaltada, e no condomínio nos sentimos mais seguros.”
Atualmente, Daniela está pensando em comprar esse apartamento. “Isso é recorrente. As famílias procuram imóveis que sejam para venda e locação, porque eles entendem que há a possibilidade de fazer uma proposta, caso se adaptem bem ao local”, comenta Colli.
O terceiro fator determinante na escolha do residencial e, não menos importante, é a área de lazer. “A família dá preferência a ambientes com uma boa área verde, facilidade de brincar com as crianças e passear com o cachorrinho”, diz Colli.
É o caso de Juliana Martinez, 40 anos. Ela é enfermeira e está se mudando do imóvel em que vive para um apartamento menor, porém com espaços de lazer no condomínio. Tudo para garantir o bem estar da filha, de 10 anos. “Ela é muito sociável e gosta de brincar com outras crianças, ao ar livre. É bom para o desenvolvimento da dela”, diz Juliana.
A síndica de condomínio Jailma Araujo concorda: “Nos prédios, a criança pode socializare desenvolver sua parte lúdica em um ambiente seguro”.
Idoso. O idoso que aluga imóvel menor após os filhos saírem de casa é cada vez mais visto nas imobiliárias, garantem os profissionais do setor. “A mudança do perfil da cidade, demandas novas e mesmo a segurança fizeram com que muitos idosos preferissem alugar suas casas e mudar como inquilinos para imóveis mais práticos e em condomínios que lhes facilite o cotidiano”, afirma a gerontóloga Suyen Miranda.
Os mais velhos não necessariamente buscam sossego, mas querem aproveitar a cidadeem áreas com comércio e acesso ao transporte. “Quanto mais a região for servida por lojas, shoppings e parques, oferecendo opções de lazer, mais ela será agradável para este público”, diz Suyen.
A aposentada Lucia Chicoli, 76 anos, mora sozinha em imóvel alugado próximo a uma avenida movimentada na zona leste. “Tem tudo perto. Eu não pago condução, então pego metrô e passeio, vou para o shopping.”
Sua única reclamação diz respeito à área de lazer do imóvel. Para ela, a taxa condominial é muito cara, “pois o prédio não tem sequer uma academia”. Por isso, está procurando outro lugar. “Aqui, o condomínio sai mais caro que o aluguel.” / Colaborou Mateus Apud, estagiário sob supervisão do Editor de Suplementos, Daniel Fernandes
 




Fonte: Jéssica Díez Corrêa, especial para o Estado

Outras Notícias

Banco Afro financia imóveis populares a classes C, D e E

O Banco Afro acaba de anunciar que serão entregues, até fevereiro, as primeiras dezenove casas do programa de financiamento imobili&aacu...

Habite Seguro – Programa Nacional de Apoio à Aquisição de Habitação para Profissionais da Segurança Pública

A CAIXA começa a operar, a partir desta quarta-feira (03/11), o Habite Seguro – Programa Nacional de Apoio à Aquisiçã...

Aluguel na praia nas férias de 2022, tem diárias de R$ 165 a R$ 3,1 mil em SP

Mais barato que um almoço ou jantar em restaurante de classe média na cidade de São Paulo para duas pessoas, a diária de u...

Investimento reflete avanço da competição e aprimoramento do comércio eletrônico, ainda mais com a chegada de marcas estrangeiras ao Brasil, como a Amazon

Galpões: desafio está em encontrar terras com custo que viabilize desenvolvimento de imóvel com valor de locação qu...

De acordo com nota, projetos em discussão no Congresso serão capazes de garantir maior segurança jurídica para funcionamento do mercado imobiliário

Imóveis: PL 1.220/2015 prevê multa de 50% sobre valores pagos pelos consumidores nas desistências de compras de imóveis (Pho...

Teto deve ser elevado de 950 mil para 1,5 milhão de reais; se confirmado, será a terceira vez em menos de dois anos que limite máximo é revisado para cima

Imóveis: segundo BTG Pactual, medida beneficiará sobretudo construtoras de imóveis de alto padrão (Petmal/Thinkstock) ...

Governo manteve o direcionamento mínimo de 65% dos recursos captados em depósitos de poupança para operações de financiamento imobiliário

Imóveis: com novas regras, governo prevê injeção de cerca de 80 bilhões de reais ao direcionamento dessa modalidade ...

Santander Brasil com financiamento imobiliário Pró-Cotista

Atualmente, a Pró-Cotista, financiamento imobiliário mais barato do mercado, é operada apenas por Caixa Econômica Federal e...

MERCADO IMOBILIÁRIO

BRASÍLIA- A atividade na indústria da construção civil encerrou o mês de junho em queda menos acentuada do que a apr...

De acordo com nota, projetos em discussão no Congresso serão capazes de garantir maior segurança jurídica para funcionamento do mercado imobiliário

O Ministério da Fazenda divulgou nesta quarta-feira, 4, um estudo realizado pela Secretaria de Promoção da Produtividade e Advoca...
icone-whatsapp 1
redesp_facebook.pngredesp_youtube.pngredesp_pinterest.pngredesp_rss.pngredesp_vimeo.pngredesp_instagram.png

A Empresa

AFIM IMÓVEIS - Marília, SP
Rua Rio Grande do Sul, 444 - Centro - CEP 17.509-130.

(14) 3306-8799 
(14) 98118-2077 

contato@afimimoveis.com.br

__________________________________
Arcangelo Ferioli Júnior 
CRECI nº 148.855F - CNAI nº 17.340
(14) 98118-2077 

arcangelo@afimimoveis.com.br

Contato

  • Rua Rio Grande do Sul, 444 - Centro - CEP 17.509-130 - Marília - SP

  • (14) 3306-8799 | (14) 98118-2077
  • Das 08:00 horas às 18:00 horas de 2.a / 6.a e aos sábados das 09:00 às 12:00 horas.

www.afimimoveis.com.br © 2024. Todos os direitos reservados.

Site para Imobiliarias
Site para Imobiliarias